0
Shares
Pinterest Google+

Depois de atrasos devido a problemas nos motores LEAP-1B da CFM International, a fabricante norte-americana de aeronaves Boeing, entregou nesta terça-feira (16), o primeiro Boeing 737 MAX. O avião, um 737 MAX 8, foi entregue a Malindo Air a partir do Centro de Entregas da Boeing em Seattle. A companhia aérea com sede na Malásia será a primeira aérea a colocar o 737 MAX em serviço comercial.

“Este avião vai mudar a cara do mercado de corredor único”, disse o presidente e CEO da Boeing Commercial Airplanes, Kevin McAllister. “O 737 MAX 8 é o melhor da sua classe, e vai proporcionar incomparáveis níveis de desempenho e economia para os nossos clientes de linhas aéreas”, acrescentou o executivo.

“Estamos empolgados na parceria com a Boeing para entregar o primeiro Boeing 737 MAX ao mundo”, disse Chandran Rama Muthy, CEO da Malindo Air. “A frota dos Boeing 737NG serviu bem para o crescimento da Malindo Air e acreditamos que se tornará uma peça fundamental da nossa frota. Esses novos aviões permitirão ir para outros destinos e terão um papel fundamental no fornecimento de tarifas aéreas mais baixas para nossos clientes”, adicionou Chandran.

Veja mais: Boeing suspende temporariamente voos do 737 MAX devido problemas nos motores

A família de aeronaves 737 MAX foi projetada para oferecer uma maior flexibilidade, confiabilidade e eficiência no mercado de corredor único, de acordo com a Boeing. Cada avião vai contar com o novo interior Sky da Boeing, com destaque para as paredes laterais esculpidas e novas janelas. O interior da cabine também conta com iluminação LED que dá uma maior sensação de espaço.

O 737 MAX é o avião mais vendido da história da Boeing. Até a data, a fabricante de aeronaves recebeu quase 3.700 encomendas de 87 clientes em todo mundo.