0
Shares
Pinterest Google+

A Boeing tem agora seis aeronaves de KC-46 de reabastecimento aéreo no programa de testes. As aeronaves vão expandir a capacidade de completar os testes de voo e de solo à medida que avança em direção às primeiras entregas à Força Aérea dos Estados Unidos (USAF).

O recente KC-46A de reabastecimento aéreo concluiu o seu primeiro voo no dia 29 de abril. Os testes vão ajudar garantir a segurança operacional do KC-46A ao operar com campos electromagnético gerados pelos radares, antenas de rádios e outros sistemas, anunciou a Boeing.

“A adição de outro avião-tanque ajudará nos tornar ainda mais eficientes e melhorar significamente a nossa capacidade de completar pontos de testes no futuro”, disse Jeanette Croppi, Diretor da equipe de testes do Boeing KC-46A. “Estamos também convertendo uma das nossas aeronaves 767-2C para reabastecedor, o que significa que em breve teremos quatro aviões-tanque KC-46 em teste”.

“Este primeiro voo é outro passo importante para o programa KC-46 de modo a verificar as capacidades operacionais da aeronave”, disse Coronel John Newberry, gerente do program KC-46 da Força Aérea. “Acrescentar esta aeronave traz capacidades chave para a frota de testes e ajuda-nos a aproximar-nos da entrega ao warfighter uma aeronave operacional”.

Até a data, o programa de testes do KC-46 completou 1.600 horas de voos e mais de 1.200 “contatos” durante reabastecimentos aéreos com caças F-16, F/A-18, AV-8B, C-17, A-10 e KC-10.

O KC-46 é um avião derivado do 767 comercial. A Boeing espera construir 179 reabastecedores na fábrica de Everett, em Washington.

O KC-46A é uma aeronave tanque multifunções com capacidade de reabastecimento aéreo de todos aviões militares aliados e da coligação desde que sejam compatíveis com o procedimento de reabastecimento aéreo internacional. A aeronave ainda pode transportar passageiros, cargas e pacientes.