0
Shares
Pinterest Google+

A Boeing retomou parcialmente os voos de testes do 737 Max. A notícia surgiu na última sexta-feira (12), apenas três dias depois da fabricante de aeronaves americana anunciar o cancelamento dos voos do Max devido problemas relacionados com os motores CFM International LEAP-1B.

Eram 12h15, hora local, quando o primeiro jato, um 737 Max 8 (9M-LRC) decolou de Boeing Field, em Seattle, Washington. A primeira aeronave a retomar os voos de teste será entregue a Batik Air da Malásia.

“Hoje, retomamos algumas atividades de voo do 737 Max. As agências reguladoras apoiam esta ação”, disse um porta-voz da Boeing citado pelo Airways.

A Boeing ainda não forneceu detalhes se os problemas com os motores que estão a afetar o programa 737 Max foram resolvidos. No entanto, a Boeing continua a testar as aeronaves de produção com esperança de entregar o primeiro 737 Max ainda no final deste mês.

Conforme à nossa publicação do passada quarta-feira dia 10, nem todos os motores do programa 737 Max foram afetados, uma vez que os componentes suspeitos são fornecidos de dois fornecedores distintos

A primeira unidade do 737 Max estava prevista para ser entregue nesta segunda-feira (15), a Malindo Air com a entrada em serviço prevista para sexta-feira (19).

Questionado sobre um possível atraso, um porta-voz da Malindo Air comentou: “Estamos ainda em discussão com a Boeing neste momento. Não há confirmação sobre qualquer alteração ao plano original”.

No entanto, até o fecho desta publicação, não recebemos informações se foi realizado a entrega.

Directa Seguros