6
Shares
Pinterest Google+

A Boeing divulgou no festival aéreo AirVenture, que está a decorrer em Oshkosh, a Pespectiva para Pilotos e Técnicos de 2017 (2017 Pilot and Technician Outlook). A perspectiva da fabricante de aeronaves norte-americana prevê a necessidade de mais de 1,2 milhões pilotos e técnicos nos próximos 20 anos.

A previsão da Boeing aponta que entre 2017 e 2036, a indústria da aviação comercial mundial irá necessitar de:

  • 637.000 novos pilotos de linhas aéreas;
  • 648.000 novos técnicos de manutenção de aeronaves comerciais;
  • 839.000 novos tripulantes de cabine.

Este é o oitavo ano consecutivo que a Boeing publica a perspectiva da indústria que prevê a demanda de mercado para tripulantes nos próximos 20 anos, e suportar a crescente frota de aviões comerciais no mundo.

Demanda por região para novos pilotos, técnicos de manutenção e tripulantes de cabine:

REGIÃO PILOTOS TEC. MANUT. TRIPULANTES
Ásia-Pacífico 253.000 256.000 308.000
Europa 106.000 111.000 173.000
América do Norte 117.000 118.000 154.000
América do Sul 52.000 49.000 52.000
Médio Oriente 63.000 66.000 96.000
África 24.000 23.000 28.000
Rússia / CEI 22.000 25.000 28.000

De acordo com a Boeing, a Perpectiva de 2017 revela um ligeiro aumento de 3,2% para pilotos em relação às perspectivas de 2016. Para técnicos de manutenção a Perspectiva da uma redução de 4,6%, conduzida principalmente pela redução de horas de manutenção exigidas no novo 737 MAX.

Directa Seguros