0
Shares
Pinterest Google+

A Boeing e FlyDubai assinaram nesta quarta-feira (15) um contrato histórico para 225 jatos 737 MAX. O contrato avaliado em US$27 bilhões a preço de lista, representa o maior pedido de jatos de corredor único para um transportador do Oriente Médio.

O contrato foi assinado durante Dubai Airshow 2017, que acontece no Dubai, Emirados Árabes Unidos, cidade natal da FlyDubai. O acordo inclui o compromisso de compra para 175 aviões MAX e direitos de compra para outros 50 jatos MAX adicionais.

Mais de 50 dos primeiros 175 jatos serão 737 MAX 10, o mais novo membro da família de aeronaves 737 MAX. A aeronave tem capacidade máxima para 230 assentos e está equipada com dois motores CFM International LEAP-1B. O 737 MAX tem o preço de lista de US$ 125 milhões.

“Damos boas vindas a com a continuação e nossa longa parceria com a Boeing. Seus aviões são base para o sucesso do nosso modelo de negócio, fornecendo-nos flexibilidade operacional e alcance para construir uma rede de 95 destinos em 44 países”, disse o presidente da FlyDubai, o xeque Ahmed bin Saeed Al Maktoum.

Quando finalizada, a compra promete sustentar dezenas de milhares de empregos diretos e indiretos nas fábricas da Boeing nos EUA e sua rede de fornecedores, segundo a Boeing.

O presidente da Boeing Commercial Airplanes, Kevin McAllister disse que se sente “honrado” pela escolha da FlyDubai em ter a Boeing como parceira durante muitos anos.

Fundada em 2008 pela as autoridades dos Emirados Árabes Unidos, o principal objetivo da FlyDubai é realizar voos de baixo custo a sair de Dubai.