0
Shares
Pinterest Google+

O maior motor a jato do mundo está pronto para ser testado em voo. Com um fan de mais 3,35 metros de diâmetro inserido em uma nacele de 4,42 metros, o GE9X da General Electric é o maior motor a jato do mundo em termos de dimensão.

O novo motor está a ser desenvolvido para ser usado no novo Boeing 777X, a maior variante da família de aeronaves Boeing 777, ainda em desenvolvimento.

Desde que motor entrou em funcionamento, a GE tem testado motor a volta do mundo, enquanto o GE9X entra em fase final de certificação pela FAA (Federal Aviation Administration), autoridade da aviação americana. No entanto, chegou a hora do próximo passo: testes em voo.

Para realizar os testes em voo, o GE9X foi montado em um Boeing 747-400 da GE, segundo a publicação do site Aviation Week, citado pelo Popular MechanicsTodo trabalho de montagem foi realizado em Victorville, na Califórnia, EUA.

Imagem divulgada pela GE, revela o motor instalado na posição #2 da asa esquerda. Para manter a distância adequada do solo, o motor teve de ser deslocado para frente e para cima, onde é possível ver que o GE9X ficou ligeiramente acima do bordo de ataque.

Segundo a GE, a distância entre o solo é uma das maiores preocupações durante operações no solo, tais exclui decolagens e aterrissagens. A fabricante de motores, ainda reduziu em 1,83 metros da asa do 747-400, de modo a reduzir a envergadura e endurecer a asa para receber o peso do motor.

O motor montado no 747 é o quarto do programa. A GE planeja enviar no próximo ano, dois motores para a Boeing testar no 777X. A Boeing espera realizar o primeiro voo de teste no início de 2019 com o 777-9, a primeira aeronave do programa 777X.

O GE9X inicial, conhecido como First Engine To Test – FETT, ou primeiro motor a ser testado, foi ligado pela primeira vez em março de 2016. Este mesmo motor está neste momento a ser testado em condições de gelo em Winnipeg, no Canadá. O segundo motor do programa esta a ser preparado para testes em blocos de 150 horas da FAA, a ter início em 2018. Os testes de 150 horas, são testes duros que exigirá que a GE leve o GE9X as red lines das velocidades máximas dos fans, velocidade máxima do núcleo e temperatura máxima de exaustão. O terceiro motor será submetido a testes de ventos cruzados no campo de testes da GE em Peebles, em Ohio, nos EUA.


Fontes: Aviation Week Popular Mechanics